THIS CONTENT IS
CURRENTLY UNAVAILABLE

3 Dicas para Manter um Fluxo de Caixa Saudável

Fabiano Aguiar      segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Compartilhe esta página com seus amigos

Fluxo de Caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta essencial para o bom andamento de qualquer empresa. É através dele que o administrador consegue ter uma visão ampla e minuciosa sobre a saúde do seu negócio, além é claro de ter indicadores confiantes na tomada de decisões importantes da empresa.

 

Basicamente o objetivo do fluxo de caixa é fornecer informações sobre o saldo disponível e o capital de giro para que todos os investimentos ou despesas a serem feitos sejam realizados com consciência e com base na realidade financeira da empresa, para que não surjam surpresas desagradáveis no final de cada mês.

 

A manutenção de um fluxo de caixa eficiente precisa ser feito diariamente, ou pelo menos a cada movimentação registrada, por isso os controles precisam estar bem definidos e exposto para que nenhuma informação se perca ou passe em branco. Além disso, é importante que o administrador esteja atento a algumas considerações para manter o fluxo de caixa fluindo. E para isso, separamos 3 dicas para mantê-lo saudável:

 

1ª - Detalhe os Registros

Prefira fazer todos os registros e balanços de forma detalhada de modo que seja possível identificar tudo como, por exemplo: qual foi o valor de retirada do caixa, qual o motivo da retirada, qual o destinatário desta retirada e se possível qual a previsão para que o valor retorne ao caixa.

Pode parecer um certo exagero fazer os registros de forma tão detalhada assim, mas na verdade este feito irá poupar tempo e evitar surpresas desagradáveis quando futuramente o empreendedor precisar de alguma informação deste tipo para justificar ou entender uma operação do seu fluxo.

 

2ª - Projeções

Consiste em projetar e planejar ações no presente pensando no futuro. É assim que deve ser as projeções financeiras de uma empresa. Quanto mais detalhado e organizado for, melhor será a organização da contabilidade.

Com a projeção é possível traçar os gastos mensais e ter um tempo hábil para planejar os pagamentos de fornecedores e de custos pré-programados sem que a empresa precise recorrer a empréstimos ou outros meios de recursos que não seja o próprio rendimento.

 

3ª - Controle

A qualidade do fluxo de caixa também vai depender muito da maneira como ele é registrado e controlado. Hoje existem ferramentas gratuitas, ou de baixo custo, que auxiliam a criação e controle de um fluxo de caixa.

 

Ah, é importante lembrar-se também dos recibos e demonstrativos que devem ser sempre arquivados de maneira ordenada, pois se houver a necessidade de uma conferência no futuro desses documentos você não terá problemas para localizá-los. E vamos concordar também que quanto mais organizado, mais tempo será poupado na hora procurar qualquer coisa, principalmente um documento.

 

As dicas são simples e rápidas, porém eficientes e valiosas na projeção e no acompanhamento de um fluxo de caixa saudável, por isso coloque todas em práticas e mantenha o controle, as projeções e todos os registros atualizados e organizados para que uma administração organizada e de sucesso seja estabelecido na sua empresa.

Comentários

Digite sua busca:

Fabiano Aguiar - Fundador Temporis Assistente Virtual e Secretária Remota

 

Fabiano Aguiar

Administrador de Empresas com especializações nas áreas da saúde e de marketing digital.

Fundador da Temporis Secretária Remota e Assistente Virtual e do Blog Empresariado

 

Conheça também: